segunda-feira, 21 de setembro de 2015

ADAPTAÇÃO DA CENTRAL HIDROELÉCTRICA DE SANTA RITA UMA IDEIA LUMINOSA



Ao folhear o último número do jornal Notícias de Fafe, de 18 de Setembro, deparei com uma notícia que não resisto em comentar.

A peça refere-se a um projecto de adaptação da velha Central Hidroeléctrica de Santa Rita, inaugurada há 101 anos, ultimamente requalificada, transformada em núcleo museológico, de portas fechadas, que só esporadicamente recebe visitas por marcação.
Lembre-se que esta central e toda a sua infraestrutura é um exemplo único em toda a região, correspondendo ao último testemunho dos primórdios da electricidade pública em Fafe.

A notícia refere a intenção do vereador José Baptista em “dar nova vida” à central, mantendo o museu, valorizando-o com a instalação de um moderno grupo produtor de energia hidráulica que, segundo o autarca, poderá render “acima dos 20.000 euros mensais”.

O Município tem desenvolvido esforços no sentido de ver aprovada a eventual exploração do rio, um processo que está a ser tratado por uma empresa especializada, afirma José Baptista, que acredita na requalificação daquela pérola do nosso património industrial.
Refira-se que o projecto inicial da central de Santa Rita contemplava um segundo grupo, nas traseiras do edifício, que não chegou a ser instalado.
Seria no mínimo curioso, passados mais de 100 anos, cumprir essa intenção, restituindo a vida àquele importante património, há muito tempo mergulhado no rio do esquecimento.

Jesus Martinho

Fafe, 19 de Setembro de 2015



Sem comentários:

Enviar um comentário